Acompanhe o RSS: Artigos | Comentários | Email

Complô

Sem Comentários

copa-2014-bernard-caido

Luiz Felipe tinha toda a razão quando, antes mesmo do início da infeliz competição, afirmava que havia um complô para que o Brasil não ganhasse a Copa.

Não que nossa Seleção merecesse vencer de ninguém. Não se trata de mérito, mas de sacanagem.

Correu o mundo inteiro a foto do Papa “insigne partinte” e do outro “insigne ficante” se dando as mãos de felicidade com a final entre a Alemanha e a Argentina.

Hitler e Perón devem estar rindo nos raios que os partam, onde foram morar.

Na entrevista coletiva da, assim chamada, Comissão Técnica, ninguém se referiu ao fato. No entanto, para este humilde e modesto Sacerdote, injustamente excomungado por não acreditar nas besteiras da ICR e da CBF, houve, sim, uma conspiração teológica para que as luzes do Mineirão se apagassem durante toda a partida.

Não foram os jogadores que falharam. Foram as luzes de nosso futebol, há muito bruxuleantes, que se apagaram de vez.

Na verdade, a CBF não passa de um rabicho da Ditadura e, como tal, já deveria ter passado por uma “Diretas Já”, há muito tempo.

Como as Federações estaduais e os clubes, igualmente!

E, por aqui, fica, como legado da Copa de 2014, nosso belíssimo Elefante Branco de São Lourenço, já denunciado neste Blog.

A população daquele Município deve estar delirando, vendo o mato crescer novamente em volta do estádio. A partir de agora, já se pode voltar a plantar milho e mandioca ao redor do estádio e guardar dentro dele as galinhas de capoeira, os bodes, as vacas e os canalhas de sempre.

E o homem ainda quer ser Presidente da República!

Torcedor

Deixe um comentário