Acompanhe o RSS: Artigos | Comentários | Email

Pra que tanto berreiro

1 comentário

Sim, sou ateu. E daqueles radicais e sectários. Acho, por exemplo, que a alma é aquela secreção verde que pinga ou sai pelo nariz. E o ateísmo é, antes de tudo, uma evolução cerebral. A dopamina é diferente. Há mais bainha de mielina. Acho a Máquina de Turing mais inteligente do que os humanos, principalmente os crédulos.

Talvez, por isso, tenha uma suscetibilidade a barulhos doutrinários. Dá dor de cabeça. Sim, não aguento mais pastor evangélico, seja o que for, aos berros no culto ou na igreja, vá saber onde.  A gritaria chega ao décimo-quinto andar. Parece que está aqui dentro. Não nego sua Potência, mas não sinto Deus no apartamento, apenas escuto os gritos evangélicos. Doutrinação do dogma é barulho? Como ímpio, não entendo por que tanto berro. Qual é a necessidade?

Coloco assim a instigante questão ao Reverendo Tsé-Tsé: Deus é surdo?

Sementeiras
  1. André Tricolor Virtual

    E quando o berreiro invade os ônibus … E sempre o mesmo discurso! Não estou aqui negando o conforto de uma boa palavra, mas também não concordo com o barulho ensurdecedor. Nossa alma escuta até pelo pensamento!

Deixe um comentário