Acompanhe o RSS: Artigos | Comentários | Email

Renunciou!

3 comentários

Não muda nada na CBF, pois o problema é mais fundo, uma baita fundura — “estrutural”, como disse Juca Kfouri.

Mas isso não impede a comemoração: Ricardo Teixeira renunciou!

Sócrates deve estar sambando no Céu…

PS: RT é uma pessoal “questionável”, para utilizar um eufemismo. Tem, contra si, diversas acusações graves, a tal ponto que poderiam levá-lo à cadeia. Provavelmente, não será punido, apenas lembrado pela “opinião pública”, o que, convenhamos, depois de tudo, não é o bastante. A renúncia é uma pequena derrota diante de tantos descalabros. Como a memória é curta, aos poucos, seus problemas serão esquecidos, assim como sua própria pessoa. Do ponto de vista da malandragem e da sacanagem, é inegável a eficácia de suas ações. Foi uma carreira vitoriosa. Como no futebol atual, o que importa é o resultado. Seu sinal de sucesso? É rico. O dinheiro é uma norma de desempenho, o sumo critério de julgamento. Depois de pintar e bordar, terá uma aposentadoria pacífica. Não é esse o grande objetivo de todo cartola: viver seus últimos dias em paz? Os safados, no Brasil, têm essa meta já garantida como vantagem.

É safado?! Ah, então, viverá em paz.

PS2: exceto se… exceto se a documentação levantada, durante a investigação do escândalo da ISL, a empresa de marketing que, supostamente, pagou propina a cartolas para obter vantagens na FIFA, levá-lo a um cubículo de onde se vê o sol quadrado.

PS3: vergonhosa a louvação de RT oferecida pela Globo. Fizeram uma ode em homenagem ao triste cartola. Mas é uma questão de dívida: a Globo ganhou muito com RT. Ganhou, simplesmente, o monopólio televisivo do futebol brasileiro. Merece, assim, toda a deferência global.

DimasLins
  1. Mudou a mosca. A merda continua a mesma.
    O sucessor é uma figurinha carimbada no mundo das falcatruas.
    Consta até que afanou uma medalha durante uma premiação e, embora tenha vídeo e tudo, ele nega veementemente.

    Põe eufemismo nisso. Um salafrário exemplar, do tipo que estaria na cadeia em qualquer país minimamente civilizado.
    Investigação? Duvido. Desse susto ele não morre.

    Por outro lado, pode que se instale uma briga feia pela sucessão até 2014 e, entre mortos e feridos, fodam-se todos, ou quase todos, e finalmente tenhamos alguma mudança. Aguardemos.

  2. Artur, da uma olhada no texto “A encruzilhada do Futebol Brasileiro”. Foi postado por Juca Kfoury, eu li, gostei e procurei o site do cara.

    Nunca li uma análise tão direta e precisa nem por parte dos melhores colunistas esportivos brasileiros.

    http://www.pauloandreoficial.com.br/site2/paginas/

    O cara escreve bem mesmo.

Deixe um comentário