Acompanhe o RSS: Artigos | Comentários | Email

Tucana do Panfleto e CNBB

4 comentários

Li na Folha (aqui). É absolutamente formidável a desculpa dos tucanos. Não há conluio, imaginem só, entre tucanos e tucanas, donas de gráficas. Conluio, somente PT e CUT. Sei…

Gráfica de tucana fez panfletos anti-Dilma

BRENO COSTA
DE SÃO PAULO

A Polícia Federal apreendeu ontem, por determinação da Justiça Eleitoral, cerca de 1 milhão de panfletos que pregam voto contra o PT devido à posição favorável à descriminalização do aborto.

A gráfica que imprimia os jornais pertence à irmã do coordenador de infraestrutura da campanha de José Serra (PSDB), Sérgio Kobayashi.

Arlety Satiko Kobayashi é dona de 50% da Editora Gráfica Pana Ltda, localizada no Cambuci, na capital paulista.

A empresária é filiada ao PSDB desde março de 1991, segundo registro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O ministro do TSE Henrique Neves concedeu liminar para a apreensão dos panfletos atendendo a representação do PT para apuração de crime de difamação. O partido também pede investigação sobre quem pagou a impressão do material.

Sérgio Kobayashi atribuiu ontem a uma coincidência o fato de a gráfica Pana ter sua irmã como sócia. A assessoria da campanha de Serra negou qualquer relação entre o candidato e a produção dos panfletos, nem por meio de encomenda, financiamento ou indicação de gráfica.

“A campanha de José Serra não aceita a insinuação de conluio de qualquer tipo entre a atividade eleitoral e a Igreja Católica. É um desrespeito à Diocese de Guarulhos e à própria Igreja imaginar que possam ser correia de transmissão de qualquer candidatura. A Igreja Católica não é a CUT”, diz a nota.

Responsável pelo contato com a gráfica, Kelmon Luís de Souza afirmou que encomendou 20 milhões de panfletos em nome da diocese e que o dinheiro para a impressão veio de “doações pesadas de quatro ou cinco fiéis”.

NOTA DA CNBB

Bispos do braço paulista da CNBB divulgaram nota ontem na qual dizem que “não patrocinam a impressão e a difusão de folhetos”. Contudo, o bispo que assina a nota de ontem, dom Nelson Westrupp (de Santo André), presidente a Regional Sul 1 da CNBB, é um dos que assina o texto reproduzido nos panfletos apreendidos.

“O Regional Sul 1 da CNBB desaprova a instrumentalização de suas declarações e notas e enfatiza que não patrocina a impressão e a difusão de folhetos a favor ou contra candidatos”, diz a nota divulgada ontem em Indaiatuba (SP). Os bispos que comandam a regional não quiseram falar após a apreensão dos panfletos.

Cerca de 50 bispos paulistas se reuniram durante duas horas anteontem para redigir a nota que demonstra o recuo da regional. Eles avaliaram que o erro do texto de agosto, já retirado do site da regional, foi ter citado o PT e ter feito referência a Dilma.

“O erro que foi a apresentação de siglas partidárias. Isso não poderia ter acontecido”, disse o bispo de Limeira, d. Vilson Dias de Oliveira.

Li no VioMundo (aqui):

CNBB reconhece erro ao posicionar-se contra Dilma
17 de outubro de 2010 | 19h 25

TATIANA FÁVARO – Agência Estado

O Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), grupo representante das dioceses do Estado de São Paulo, reconheceu hoje ter errado em posicionar-se politicamente contra o PT e a candidata Dilma Rousseff em nota intitulada “Apelo a todos os brasileiros e brasileiras”, feita pela Comissão em Defesa da Vida e endossada pela direção da seção paulista da CNBB.

“O erro foi a apresentação de sigla partidária. Esse erro realmente foi colocado, isso não poderia ter acontecido. Você pode fazer uma nota, mas a partir do momento que você cita nome, cita partido, realmente você fere as pessoas. Com humildade, as pessoas reconheceram e vamos adiante, é preciso olhar para a frente”, afirmou o bispo de Limeira, d. Vilson Dias de Oliveira, responsável pela Pastoral da Comunicação do Regional Sul 1.

Após a ressonância do conteúdo da nota propagada à revelia dos bispos pela internet, pelas paróquias, comunidades, igrejas e as ruas, não somente do Estado de São Paulo, os bispos católicos do Regional Sul 1 da CNBB divulgaram hoje nota oficial para esclarecer que “não indicam nem vetam candidatos ou partidos e que respeitam a decisão livre e autônoma de cada eleitor”. “Agora não podemos tapar o sol com a peneira a essa altura dos fatos. O documento (“Apelo aos a todos os brasileiros e brasileiras”) existiu, foi revisto, tirado do ar (internet) e, com essa nota, eliminado”, afirmou d. Vilson.

A pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Polícia Federal (PF) apreendeu hoje ao menos 1 milhão de panfletos com o conteúdo produzido pela Comissão em Defesa da Vida, em uma gráfica no bairro Cambuci, em São Paulo. O material, com a logomarca da CNBB e as assinaturas do presidente, vice-presidente e secretário-geral do Regional Sul 1, recomenda aos eleitores votos somente a candidatos ou candidatas de partidos contrários à descriminalização do aborto.

Embora não citem o nome de Dilma, os panfletos apontam o PT como apoiador do terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela então ministra da Casa Civil, no qual se reafirmou a descriminalização do aborto. O material teria sido encomendado pela Diocese de Guarulhos. O bispo de Guarulhos, d. Luiz Gonzaga Bergonzini, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Nota

A nota divulgada hoje pela Regional Sul 1 diz que o grupo “desaprova a instrumentalização de suas declarações e notas e enfatiza que não patrocina a impressão e a difusão de folhetos a favor ou contra candidatos”. O documento foi produzido e assinado por cerca de 50 bispos em uma reunião privada realizada na noite de ontem, em Indaiatuba (SP). Os bispos estavam na Vila Kostka, casa de retiros na qual ocorreu uma assembleia com lideranças diocesanas paulistas.

D. Vilson informou que não cabe à CNBB apurar se a ordem para a impressão dos panfletos anti-Dilma teria partido mesmo da diocese de Guarulhos. “Pode haver punição, mas aí é da nunciatura com o bispo”, afirmou d. Vilson. A nunciatura apostólica funciona como a embaixada da Santa Sé no País. O núncio apostólico (representante do Vaticano) no Brasil é d. Lorenzo Baldisseri. “Se a polícia apreendeu e se vai ser descoberto se foi ele (o bispo de Guarulhos), ou foi um serrista ou sei lá eu quem foi que fez, quem está patrocinando, isso é a investigação que vai dizer. A CNBB faz questão de dizer que ela está fora disso”, disse.

Abaixo, Serra mirando na democracia:

Sai da mira, sai da mira, sai da mira!

Sementeiras
  1. Essa é a descoberta do século, agora que já sabemos que Serra apoiou a mulher a fazer um aborto, tudo está vindo às claras, bem feito para os tucanos, já é meu presente de Natal mesmo faltando mais de 60 dias. Ihuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!
    tem foguetório.

  2. Ouvi hoje na CBN a reportagem sobre a gráfica. Serra ao ser questionado, negou, claro, qualquer envolvimento, direcionando a iniciativa pra diocese e, quando a repórter questionou a gráfica ser da irmã do Sérgio Kobayashi, ele perguntou(mais ou menos assim): “e daí? Agora vão também impedir a liberdade de comércio?”.
    Sigamos.

  3. AFN - Rio de janeiro

    Sou + Dilma

    Vote Dilma 13

    Amados
    Só cego não enxerga (ou não quer enxergar que o Brasil cresceu!!!! no governo Lula !).
    Veja o Brasil como um todo, as pessoas aumentaram o seu poder de compra ! Lula pagou a dívida externa com o FMI enquanto os outros (FHC, Collor e outros) pediam dinheiro emprestado !. FHC foi um dos piores governos que já tivemos ! Abre o olho irmão. SOU DILMA , porque quero um Brasil Melhor para todos QUERO UM BRASIL JUSTO com Igualdade e oportunidades para TODOS ! !!!!!!
    VEJA em sua volta os programas do PAC !!!!! UPAS, UPP , ENEM, bolsa família …..e outras mais… Só cego não ENXERGA !!!!!

    ” Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor ” nós somos a nação (povo santo e escolhido de Deus.

    O Brasil está entre os países que mais crescem no mundo, estamos com a possibilidade de ter uma taxa de crescimento do Produto Interno Bruto de 7%. quase 1,7 milhão de empregos no ano da crise.

    O Governo Lula tomou importantes iniciativas para a educação brasileira. Criou o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização do Magistério (FUNDEB),

    Agora, se você quer Retrocesso na economia e miséria no Brasil, então vote SERRA para dar continuidade ao plano FHC ! (e ainda vai levar um Maluf )
    A Paz de Cristo ! Shalom Adonai
    Sou + Dilma

    Vote Dilma 13

    (Não sou afiliada a nenhum partido político, tenho doutorado, sou funcionária pública Federal (MS) e tenho uma grande preocupação com o futuro do nosso País, principalmente para os MENOS FAVORECIDOS,)

Deixe um comentário